terça-feira, 6 de março de 2012

Reflexão sobre Piramides Sociais









Percebemos que desde os tempos antigos sempre existiu essa questão da piramide social, nota-se que os usurpadores sempre esteve no pico dessa piramide, pessoas que se dizem mais privilegiadas teve e tem uma posição de destaque na sociedade,manipulando a maioria desprivilegiada de conhecimento e ditando as normas(leis e regras) como uma verdade absoluta.Nota-se, que apesar desses homens do poder está no topo da piramide(se senti privilegiados), que segura está arquitetura social é a classe menos privilegiada(camponeses, servos, escravos, proletariados, pobres), ou seja, eles não sabem o poder que tem, as vezes por comodismo(zona de conforto), por medo de arriscar(enfrentar esses mestres da alienação) ou como era de se esperar, a maioria não tem conhecimento e consequentemente uma formação critica e questionadora sobre os fatos presentes.Contudo, isso já faz parte desse planejamento social sombrio, o conhecimento é permitido a poucos(no passado o conhecimento é direciona aos nobres e a igreja e hoje a classe dominante, com o complemento de um ensino público precário e o fortalecimento de uma midia ideologicamente alienante),logo, essa maioria tende a ficar submisso aos interesses desses exploradores.Fica aqui sua reflexão.

Autor:Leandro Fabricius
          GEOGRAFO












Nenhum comentário:

Postar um comentário